Home - Posts tagged 'teatro contemporâneo' (Page 4)

Posts Tagged ‘teatro contemporâneo’

EM APOIO AO CIRCO PICOLINO

EM APOIO AO CIRCO PICOLINO

  texto lido no dia 19 de outubro de 2014  no circo picolino . salvador bahia . evento de apoio à restauração da lona do circo neste momento em q se fomenta o ódio e a competição em nosso país onde se instala uma evidente luta de classes precisamos celebrar o

Leia mais
O palco do Teatro Vila Velha como campo de batalha

O palco do Teatro Vila Velha como campo de batalha

      Por João Bertonie Em nenhum outro teatro da cidade o público fica tão próximo dos atores quanto no Vila Velha. Em sua concepção moderna de palco, que pode lembrar as arenas romanas, os dramas das personagens no teatro são vividos fisicamente junto às pessoas da plateia, que

Leia mais
A VIDA E O MUNDO COMO CAMPO DE BATALHA

A VIDA E O MUNDO COMO CAMPO DE BATALHA

texto escrito pelo autor para o programa de DO SEXO DA MULHER COMO CAMPO DE BATALHA NA GERRA DA BOSNIA O quadro histórico de minha peça é a guerra na Bósnia que aconteceu entre 1992 e 1996 no centro da Europa com cem mil mortos e muitas atrocidades. Mas ao

Leia mais
REENCONTRARMO-NOS

REENCONTRARMO-NOS

 texto para o programa da peça DO SEXO DA MULHER COMO CAMPO DE BATALHA NA GUERRA DA BOSNIA de matéi visniec   fazer outro visniec – o quarto é refazer um discurso em toda a obra de matéi cada peça é nova e é a mesma mudam as estruturas dramatúrgicas

Leia mais
O NOVO RELATO DO BANDO

O NOVO RELATO DO BANDO

em 2014 durante seis meses o BANDO DE TEATRO OLODUM desenvolveu a OFICINA DE PREFORMANCE NEGRA no TEATRO VILA VELHA foram várias atividades formativas q resultaram em mostras vídeos e na reencenação de RELATO DE UMA GUERRA QUE (NÃO) ACABOU – espetáculo q criei para o BANDO em 2002 numa

Leia mais
UMA ENTREVISTA COM HARILDO DEDA – 1985

UMA ENTREVISTA COM HARILDO DEDA – 1985

Se cada ator não fosse uma peça única, rara e insubstituível, ainda assim Harildo Deda o seria. É um prazer vê-lo representar. Um prazer delicado e intenso, refinado. Ele é um que conhece bem sua arte e sabe o que fazer dela: de seu corpo, de sua voz, de sua

Leia mais
Page 4 of 8« First...«23456»...Last »